terça-feira, fevereiro 19, 2013

Projeto Vareta

Olá queridos voltando pra postar os novos pesos da família no projeto vareta...ah quem ganhou esse mê pra meu orgulho total foi meu marido....eeeeee palmas pra ele....rsrsrsrsrsrs


Projeto Vareta  - 2ª pesagem

Roberto 115,3

Marcelo 116,3
Giovane 112,6
Mara       77,6
Bruna      81,1


Seguindo sempre em frente...



Fiquem com Deus
bjsss

quinta-feira, janeiro 24, 2013

Na Luta Contra a Subida dos Ponteiros Sempre

Olá amigos(as) a luta contra a subida dos ponteiros é pra sempre como eu já disse várias vezes,  e família unida contra a alta de peso tem muito mais forças, então a minha resolveu se unir pra o intento da perda de peso e lá estão Rô, Bruna, Marcelo, Giovane e Mara, na ordem são meu marido, meus sobrinhos e minha irmã, todos na dieta dos pontos, começaram dia 02 de janeiro e fizeram uma apostinha por um ano que quem for perdendo mais peso ganha 5 reais de cada um por mês dos que perderem menos, claro que o dinheiro é pouquinho mas é um incentivo para continuarem...
Eles estão empenhados, alguns estão fazendo academia junto e levando bem a sério, domingo vai ter pesagem e vamos ver quem mais perdeu peso, eu prometo vir aqui contar as novidades pra todos, vou postar aqui embaixo o peso inicial de cada um, o do Rô e o meu tá ali do ladinho, mas o dele vou por aqui junto com os demais...eu vou muito bem graças a Deus 1 ano e 2 meses pós cirurgia e estou bem feliz e me cuidando como devo e preciso... :)

Projeto Vareta  - Peso Inicial

Roberto 120,400

Marcelo 122,100
Giovane 116,700
Mara       78,000
Bruna      85,800

E como eu sempre digo vamos SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE que a gente consegue...
Fiquem com Deus
Beijocas

quinta-feira, março 01, 2012

Voltando pra contar as Novidades!!

Amigos e amigas queridos, estou de volta depois de muito tempo longe pra contar algumas novidades que acabei deixando no ar em um post atras, bom, primeiro em novembro de 2010, sofri uma queda aqui em casa, lavando a calçada e acabei tendo o osso occipital (Crânio) trincado, bem foi um corre corre e eu poderia ter morrido, mas graças a Deus não era ainda a minha hora e estou aqui pra contar a historia, bem como sequela perdi quase todo o olfato e também um pouco do paladar mas me recuperei bem queridos, em 2011 tive alguns problemas de saúde e fiz muitos exames, estava com as taxas das funções hepáticas muito elevadas, uma alteração celular no estômago, a pressão elevada, (já tenho problemas com a pressão a uns 10 anos e tomo remédios para controlar) glicose no limite e mais algumas coisinhas....afff....tô ficando velha...rsrsrsrsr...só Deus mesmo...Bom pra encurtar a historia que senão ninguém vai ter paciência de ler tudo....rsrsrsrs... E como já tinha escrito aqui a alguns posts atras que alguns de meus médicos já tinham me indicado a Cirurgia Bariátrica, eu resolvi ir dar mais umas pesquisadas sobre isso, sendo que eu já há um tempo atras já tinha pensado nisso mas ainda com um pé atras, bem queridos essa que vós escreve conversou com os médicos, com o marido, com a mãe, com a irmã, e principalmente orou muito a Deus e pediu uma resposta, e ela veio em forma de tranquilidade e a certeza que era isso mesmo que eu deveria fazer.
Antes de me submeter a cirurgia, passei por todos os profissionais médicos necessários, como: gastro, psicologo, nutricionista, endócrino, cardiologista e ainda fui no ginecologista pra ter certeza que estava tudo ok...com tudo certo, fiz a minha cirurgia no dia 25 de novembro de 2011, não tive medo de morrer e estava muito tranquila, pois sabia que era a melhor escolha para o meu caso, eu com 107 kls e só conseguia baixar a muito custo 10 a 15 kgs e voltava a engordar tudo de volta rapidinho, a obesidade na minha família é hereditária, pra mim em particular era a melhor escolha, então queridos, passei pela preparação, pela cirurgia, pelos gases que doem bastante no hospital, pelas caminhadas e exercícios que a fisioterapeuta passa pra gente fazer, pelas injeções na barriga, meias elásticas nas pernas, dieta liquida, a pastosa e aos 30 dias, já podia comer um pouquinho de tudo, só posso dizer amigos e amigas que não é fácil, mas hoje posso dizer que estou feliz por ter feito, só que cada um sabe de si, meu esposo mesmo foi indicado pra fazer também mas ele preferiu recomeçar a reeducação e tem conseguido perder peso assim, já esta com 18 kgs a menos e acha vai conseguir sem cirurgia, eu acredito que sim, afinal ele é um lutador e tem determinação, torço muito por ele e sei que não é impossível ele chegar no peso ideal, com a ajuda de Deus.

Bem queridos é isso que queria partilha com vc´s e ah o meu peso hoje depois de 3 meses pós cirurgia é de 81.900 ou seja 25 kgs a menos, mas eu estou seguindo tudo certinho oque a minha médica fala, sei que posso voltar a engordar, parar de perder peso e tudo mais, mas tenho a minha cabeça operada antes mesmo do que meu estômago, e sei que preciso sempre fazer as escolhas certas para me alimentar para isso não acontecer, então como eu sempre digo amados(as) vamos...

SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE

Bjs e fiquem com Deus....

terça-feira, agosto 02, 2011

EM BREVE ALGUMAS NOVIDADES!!!

AGUARDEM!



SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE!

quinta-feira, junho 02, 2011

Dicas para controlar o peso



Amigos(as) Achei umas boas dicas e resolvi compartilhar, pois comer o que é bom e certo faz parte da Reeducação Alimentar, só não pode fugir da sua pontuação diária...

1. Procure conhecer os grupos de nutrientes e a pirâmide alimentar, a fim de elaborar cardápios com alimentos de todos os grupos.

2. Procure fazer 6 pequenas refeições ao dia: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar, lanche da noite.

3. Coma devagar e mastigue bem os alimentos. Saboreie.

4. Procure não tomar muito líquido durante as refeições principais. Mas procure tomar pelo menos 2 litros de líquidos nos intervalos.

5. Evite consumir alimentos gordurosos. Procure comprar as versões light de: margarina, requeijão, leite, iogurte, queijos, etc.

6. Troque o açúcar por adoçante. Podem ser usados adoçantes à base de ciclamato, sacarina, aspartame, sucralose, stévia.

7. Evite os doces em geral. Se der muita vontade de comer um doce, escolha frutas secas, doces à base de frutas, como pêssego em calda, doce de abóbora, etc, escorrendo a calda ou feitos com pouco açúcar ou adoçante. Se quiser sorvete, prefira o picolé de frutas, frozen iogurt ou sorvete light (sem açúcar e sem gordura). E saboreie...

8. Não deixe de consumir nas refeições principais carboidratos complexos, preferindo a versão integral (arroz integral, pão light com fibras, torrada integral, aveia, cereais matinais integrais, etc).

9. Procure iniciar a refeição por uma salada de folhas e legumes crus. Assim, diminui a fome inicial e são ingeridos os minerais, as vitaminas e as fibras necessárias. Com menos fome, fica mais fácil controlar as quantidades do “prato principal”.
10. Se já sentiu que está satisfeito, não termine de comer tudo que colocou no prato por gula ou porque “tem direito”. Respeite as mensagens do seu corpo. Não o faça de lixo.

11. Não abuse do sal. O azeite é uma gordura de boa qualidade, mas 1 colher de sopa contém 120 kilocalorias. Use e abuse de alho, cebola, cheiro verde, louro, orégano, manjericão, hortelã, sálvia, cominho, aceto balsâmico, limão, coentro, etc. Os temperos e ervas naturais deixam a comida mais saborosa.

12. Não vá ao supermercado quando estiver com fome. Faça uma lista com o que realmente precisa, visite com calma a seção de alimentos dietéticos (diet x light), pois há sempre uma novidade. Leia sempre os rótulos e compare com as versões tradicionais.

13. Quando for a uma festa, faça um pequeno lanche antes de sair de casa. Coma uma salada, um iogurte light, uma fruta, uma vitamina, uma barra de cereais, etc. Assim fica mais fácil não abusar na festa.
14. Faça alguma atividade física. Andar é bom, barato e funciona. Planeje uma caminhada em locais planos. Inicie com 10 minutos e, aos poucos, vá aumentando o tempo e o ritmo dos passos.

15. Vale o ditado: Devemos ter um café da manhã de REI, um almoço de PRÍNCIPE e um jantar de PLEBEU. Portanto não abuse, principalmente no jantar, já que normalmente não haverá aumento de atividade física, pelo contrário, é ficar sentado ou deitado, ler, assistir TV, dormir. Tome bastante líquidos ou uma porção de gelatina dietética. Se tiver muita fome, tome um copo de leite desnatado antes de dormir.

16. Anote, por 3 ou 4 dias, tudo o que comer e o que estava sentindo (fome, gula, preocupação, ansiedade, não tinha o que fazer). Você pode descobrir que está comendo mais do que deve sem perceber.

17. Uma alimentação balanceada deve fazer parte dos hábitos da família e não apenas de quem precisar emagrecer.


Fiquem com Deus
Bjss
RôeJô

SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE

quarta-feira, junho 01, 2011

Voltando!!!

Olá meus amados e amadas companheiros da eterna luta contra a balança, aqui estamos novamente para reiniciar a dieta dos pontos, puxa faz tempo que não postamos nada, mas gente acreditem, enfiamos o pé na jaca todo esse tempo, sabe quando parece que vc esta sem força de vontade de fazer reeducação? Todo mundo passa por uma fase assim, mas como eu falei FASE...não podemos deixar isso se tornar hábito em nós, sai fora fase ruim...rsrsrsrs...bom voltamos aos nossos pesos antigos ou seja estamos na casa dos 03 dígitos novamente, então chega né de ter pena de nós mesmos e achar que as pessoas estão reparando que vc tá Fofinho(a), podem até estar mesmo, pois a nossa sociedade é cruel demais com quem esta acima do peso, reparam no seu prato, ficam contando quantas vezes vc levantou pra se servir novamente, e se vc esta de dieta ficam te cobrando "Olha a dieta, eita você heim, depois fala que tá fazendo regime, só se for de engorda, desse jeito vai emagrecer no dedão do pé"...rsrsrsrs..mas gente vamos deixar os "CORVOS" ...rsrsrsrsrs...da dieta pra lá pois já basta nós mesmo nos vigiarmos, não precisamos de ninguém pra dar palpite furado, pq enche né gente...vamos nos importar com nossa saúde e bem estar, recomeçar cada vez que for preciso, o importante e não desistir, sabe uma coisa que aprendemos nessa nossa vida de engorda/emagrece/engorda? nunca espalhar pra todo mundo que vc tá de dieta, vai fazendo quietinho a reeducação alimentar, aliando com exercícios físicos e as pessoas vão começar a ver que vc esta diferente, se cuidando mais, comendo melhor e perdendo peso ai vc vai estar mais firme na sua decisão em emagrecer e isso vai te incentivar a continuar...Ufa, falei demais, ou melhor escrevi...rsrsrsrs...mas vamos lá estamos ai pra ficar dessa vez se Deus quiser...rsrsrsrs

Nossa 1ª meta vai ser sair da casa dos 03 dígitos...vou postar ao lado nossos pesos atuais.

Essa semana estaremos fazendo 20 minutos de bicicleta todos os dias, tem que começar devagar e ir aumentando gradativamente.

Pode parecer loucura começar uma reeducação alimentar no inverno que é a época que dá mais fome, mas sabiam que também é a melhor época pra isso? Queimamos mais gordura para o corpo se aquecer, então se vc se alimentar corretamente, fizer exercícios físicos e não extrapolar em nada, vai emagrecer mais rápido que nos verão...Existem muitas sopinhas leves para uma noite fria, eu gosto muito da de Abóbora e tb de Espinafre, a de espinafre esta no link de receitas ai do lado, vou postar a de abóbora tb, ingredientes muito menos calóricos e tão gostosos quanto os tubérculos (batatas, inhames, mandioca, etc...)

Fiquem com Deus e
como eu sempre digo vamos...

SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE

domingo, dezembro 05, 2010

Lançamento - Livro Teologia Verde

Está sendo disponibilizado pela Ebook o livro "Teologia Verde - Uma análise inicial do pensamento de Leonardo Boff sobre a Ecologia Social." Ao custo de R$ 4,98 para download. Estão disponíveis algumas páginas para leitura no site.

Descrição do Livro :

Teologia Verde - Uma análise inicial do pensamento de Leonardo Boff sobre a Ecologia Social. Neste livro é apresentado, a partir de uma breve reflexão pelo desenvolvimento do pensamento do teólogo Leonardo Boff, a questão da crise ecológica ponderando sobre a responsabilidade do cristão e da Igreja como instituição representante do Reino de Deus na elaboração de um pensamento ecológico-cristão, e o seu envolvimento em ações práticas.

Link do Livro :


Em breve estarão sendo disponibilizados outros materiais com a opção de compra em versão digital ou na versão impressa.

terça-feira, outubro 19, 2010

TABELA DOS PONTOS

Olá queridos, saudades, a dieta vai muito devagar, aqui em Curitiba os dias ainda estão gelados, e não dá muito animo...mas esperamos em Deus começar a ter força pra recomeçar...


fiquem com Deus

SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE

RÔEJÔ

Rô foi mordido por um de nossos dogs ontem...já esta medicado, vacinado e passa bem...obrigada

quarta-feira, junho 16, 2010

20 trocas que valem a pena

Olá amigos, saudades de todos, o Rô recebeu esse email e achamos bem legal as dicas, então ai vai, prestem atenção e usem sempre...Fiquem com Deus e nós estamos...

...SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE


Muito útil e interessante.



1 Pão francês por integral Eis uma forma de começar o dia protegendo as artérias. A massa integral presenteia o organismo com boas doses de fibras. Esse ingrediente serve de alimento a bactérias aliadas que moram no intestino. Bem nutridas, algumas delas fabricam mais propionato, uma substância que tem tudo a ver com os níveis de gordura na circulação. “Ao chegar ao fígado, ela diminui a produção de colesterol”, explica a gastroenterologista Jacqueline Alvarez-Leite, da Universidade Federal de Minas Gerais. Com isso, cai também a quantidade dessa partícula no sangue.

2 Leite integral por desnatado Esse esquema garante a entrada do cálcio, tão caro aos ossos, sem um bando de penetras gordurosos. A bebida desnatada tem o mesmo teor do mineral, com a vantagem de ostentar menos ácidos graxos saturados. O excesso desse tipo de gordura eleva os níveis de LDL, a fração ruim do colesterol. “Isso porque reduz o número de receptores que captam LDL nas células”, ensina a nutricionista Ana Maria Pita Lottenberg, do Hospital das Clínicas de São Paulo. Se esse mecanismo não funciona direito, o colesterol vaga no sangue, pronto para se depositar na parede das artérias.

3 Óleo de soja e outros por azeite O ganho dessa troca vem da combinação entre gorduras benéficas e antioxidantes que povoam o óleo de oliva. Uma de suas vantagens é fornecer doses generosas de ácidos graxos monoinsaturados. “Eles não aumentam os níveis de LDL e ainda ajudam a erguer um pouco as taxas de HDL, o colesterol bom”, afirma o cardiologista Raul Dias dos Santos, do Instituto do Coração de São Paulo. “Além disso, os compostos fenólicos do azeite evitam a oxidação do colesterol, fenômeno que propicia a formação das placas”, completa Jorge Mancini, diretor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo.

4 Pizza de mussarela pelas de vegetais A ideia pode não agradar aos fãs mais puristas das pizzarias, mas presta um enorme serviço aos vasos sanguíneos. Deixar camadas e mais camadas de queijo de lado de vez em quando significa podar gordura saturada do cardápio. Como você viu, ela protagoniza o disparo do LDL, o tipo perigoso do colesterol. Substituir a mussarela ou a quatro queijos pelas redondas cobertas de vegetais é uma saída para degustar pizzas sem receio. Opções não faltam — vale pizza de escarola, de rúcula, de brócolis e até de abobrinha. E elas oferecem um bônus: pitadas de fibras e antioxidantes.

5 Salgadinhos por castanhas Essa troca é destinada àquele momento em que pinta a fome no meio do dia. Solução fácil, mas nada saudável, seria recorrer aos salgadinhos ou biscoitos recheados, petiscos que costumam contar com gordura trans em sua receita. “Ela não só faz aumentar o LDL como ainda contribui para derrubar o HDL”, alerta Ana Maria Lottenberg. Para escapar da malfeitora, aposte nas castanhas e nas nozes — legítimos depósitos da gordura monoinsaturada, que faz exatamente o trabalho oposto. “As oleaginosas ainda são fontes de antioxidantes”, lembra Jorge Mancini.

6 Cereais açucarados por aveia A aveia tem fama de ser um dos cereais mais nutritivos do planeta. Por isso merece um espaço logo no café da manhã — seja na forma de flocos, seja no mingau. Um estudo da Universidade Federal de Santa Catarina comprova, mais uma vez, sua capacidade de cortar a gordura que sobra no sangue. “A aveia é rica em betaglucanas, fibras fermentadas no intestino e capazes de regular a síntese de colesterol”, explica a autora, Alicia de Francisco, que também é coordenadora para a América Latina da Associação Americana de Químicos de Cereais. “Observamos que elas ainda aumentam o HDL.”

7 Bauru por peito de peru e queijo branco Calma, não pretendemos condenar ao ostracismo um lanche tão tradicional como o bauru. O problema é que ele deixa a desejar se as taxas de colesterol já rumam aos céus. Basta averiguar seus ingredientes: queijo prato e presunto, redutos de gordura saturada e colesterol. Que tal substituí-lo por um sanduba de peito de peru e queijo branco, que é mais esbelto do que seu congênere? Experimente. Só é preciso ficar atento ao tamanho do lanche. Ora, uma gigantesca baguete recheada pode fornecer mais calorias e gorduras do que um bauru de porte modesto.

8 Camarão por peixe Convenhamos: frutos do mar não são tão frequentes no prato do brasileiro. Mas vale ficar atento durante aquela viagem à praia para não se abarrotar de camarões. Eles encabeçam o ranking marinho de colesterol — são 152 miligramas da gordura em uma porção de 100 gramas. Ou seja, quase o triplo do que é oferecido pela mesma quantidade de um peixe gordo como o salmão. Esse pescado se sai melhor também por outro motivo: ele é carregado de ômega-3. E uma nova pesquisa da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, revela: o ômega diminui a captação de LDL pela parede das artérias, prevenindo as placas.

9 Picanha por lombo O porco não é mais gordo que o boi nem o boi é mais gordo que o porco. Tudo é uma questão de corte. Há peças bovinas com menos gordura saturada, caso da alcatra e do filé mignon, e há aquelas parrudas, como a picanha e o cupim. O mesmo raciocínio se aplica à carne suína: o lombo é mais magro que o pernil. Mas saiba que há medidas para retalhar o possível malefício de qualquer corte rechonchudo. “Limpe a peça antes de cozinhá-la, retirando toda gordura aparente”, ensina Ana Maria. Até porque, apesar de a gente não ver, altas doses do nutriente já estão emaranhadas na carne.

10 Manteiga por margarina Elas mantêm uma rivalidade histórica e ainda suscitam debates entre os experts. No duelo em prol de artérias saudáveis, porém, a margarina leva certa vantagem, porque não conta com a famigerada gordura de origem animal e o colesterol. Nos últimos anos, a indústria tem acrescentado componentes à sua fórmula para torná-la mais benéfica. Entre eles, destaque para os fitosteróis, que facilitam a expulsão do colesterol pelas fezes. “Os produtos enriquecidos com essa substância são indicados a quem já tem colesterol alto”, avisa Ana Maria.

11 Quindim por compota de frutas Os doces costumam ser condenados por carregarem açúcar demais. Quando a discussão envolve colesterol, porém, o açúcar pesa menos do que outro ingrediente comum em quindins, brigadeiros e bolos: a gordura. A manteiga, o creme de leite e outros ingredientes gordurosos que dão consistência aos quitutes levam consigo ácidos graxos saturados, que alavancam as taxas de LDL. Não à toa, os especialistas aconselham trocar esse tipo de sobremesa por opções que, sem perder o sabor adocicado, são desengorduradas. O melhor exemplo são as compotas de frutas. Só não vale, é claro, abusar

12 Suco de laranja pelo de uva Essa é para matar a sede e resguardar o peito. É na casca da uva que está um parceiro do coração, o resveratrol. “Ele atua na redução do colesterol e tem efeito antioxidante”, diz a bioquímica Tânia Toledo de Oliveira, da Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais. Ao impedir que as partículas de LDL se oxidem, a substância evita indiretamente que elas grudem na parede do vaso. Ao contrário do que muita gente pensa, o resveratrol não é exclusivo do vinho. O suco de uva natural e feito na hora (com casca, por favor!) também o disponibiliza ao organismo.

13 Chá de ervas por chá-mate Não é campanha contra a receita da avó, mas as infusões à base de camomila e afins perdem feio para o mate se o assunto é colesterol. Que o digam cientistas da Universidade Federal de Santa Catarina, que avaliaram as propriedades dessa erva típica do sul do país. “Notamos uma queda de 8,5% nos níveis de LDL em voluntários com taxas normais e uma redução extra de 13,5% em pessoas que tomavam remédios para abaixar o colesterol”, conta o farmacêutico Edson Luiz da Silva, que liderou a pesquisa. A proeza vem das saponinas, moléculas presentes no mate. “Elas diminuem a absorção do colesterol no intestino, favorecendo sua excreção pelas fezes”, explica.

14 Cebola branca por cebola roxa Essa troca pode ser estendida à alface e ao repolho: prefira sempre o roxo. As hortaliças com essa cor abrigam um pigmento que aplaca o colesterol, a antocianina. “Experimentos feitos em animais no nosso laboratório mostraram que ela reduz consideravelmente a concentração da gordura no sangue”, conta a professora Tânia Toledo de Oliveira, da Universidade Federal de Viçosa. “A substância inibe uma enzima que participa da síntese de colesterol no fígado, além de aumentar sua eliminação do organismo.” Morangos e cerejas, saiba, também são reservas de antocianinas.

15 Molho branco pelo de tomate O macarrão é o mais inocente por aqui. Quem incentiva ou não a escalada do colesterol é o molho — sempre. O branco é bem gordo. Em 2 colheres de sopa encontramos 4,5 gramas de gordura. Como o preparo exige creme de leite e queijo, o prato fica cheio de ácidos graxos saturados. Uma bela macarronada ao sugo não guarda esse perigo. Nas mesmas 2 colheres de sopa, há somente 0,1 grama de gordura. “Apenas procure usar o molho de tomate feito em casa e evitar a manteiga no momento de refogá-lo”, orienta a nutricionista Ana Maria Lottenberg. E, se possível, opte pela massa integral.

16 Chocolate ao leite pelo amargo O doce de cacau se notabilizou como um amigo do sistema circulatório. Mas não é todo chocolate que, de fato, prova sua amizade às nossas artérias. O tipo que merece respeito é o amargo. “Ele possui menos gorduras saturadas que o branco e a versão ao leite”, afirma a nutricionista Vanderlí Marchiori, colaboradora da Associação Paulista de Nutrição. “Sem falar que fornece catequinas, substâncias que ajudam a sequestrar o LDL e impedir sua oxidação”, diz. Mas fique atento ao rótulo: amargo de verdade tem mais de 60% de cacau em sua composição

17 Sal por ervas e alho Está em suas mãos uma maneira de preservar os vasos sem deixar a comida ficar insossa: em vez de exagerar no sal, ingrediente que patrocina a hipertensão, use a imaginação e as ervas aromáticas, além de alho. “Ele tem compostos capazes de controlar o colesterol”, exemplifica Vanderlí. E ervas como o orégano e o alecrim merecem ser convidadas à cozinha por causa do seu poder de fogo contra a oxidação, um fenômeno que, você já sabe, não poupa o LDL, tornando-o ainda mais danoso para as artérias. Mas essa ação pode minguar quando os ingredientes são expostos a temperaturas elevadas. Procure acrescentá-los nos minutos finais do cozimento.

18 Frango com pele pelo frango sem pele Muita gente pensa que basta despir uma coxa de frango assada no prato para se livrar de um boom de colesterol. Ledo engano. “Retirar a pele é, sim, fundamental, mas isso deve ser feito antes de levar a carne ao fogo”, esclarece a nutricionista Cláudia Marcílio, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em São Paulo. “Quando submetidos ao calor, a gordura saturada e o colesterol da pele conseguem se dissolver e penetrar na carne”, justifica Ana Maria. Aí, será tarde…

19 Queijo pelo tofu A intenção não é jogar mais pedras sobre o parmesão, o provolone e até o minas, mas abrir espaço ao tofu, que é feito de soja. Ele é uma preciosidade porque concentra o que o grão tem de melhor: proteínas e isoflavonas. “A proteína da soja aumenta a atividade de receptores que colocam o LDL para dentro das células e inibe a principal enzima responsável pela produção de colesterol”, explica a nutricionista Nágila Damasceno, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. E as isoflavonas não só potencializam a queda do LDL como evitam sua oxidação.

20 Pipoca de micro-ondas pela de panela Faz toda a diferença investir um tempo a mais para estourar o milho no fogão. “É uma forma de controlar a quantidade de gordura no preparo, porque no produto de micro-ondas ela já é fixa”, argumenta a doutora em ciência dos alimentos Maria Cristina Dias Paes, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, em Sete Lagoas, no interior de Minas Gerais. A versão que ganha na praticidade perde pontos porque carrega ácidos graxos saturados e trans. “Na panela, dá para usar um óleo mais saudável, como o de canola”, diz Cristina. Daí, você aproveita as fibras do milho, deixando seu colesterol em paz.

sábado, maio 29, 2010

Chá de folha de oliveira e outros


Olá gente estou passando rapidinho pra deixar uma dica, essa semana minha sobrinha estava me falando do chá de Oliveira, resolvi dar um a pesquisada na net sobre e ele achei algumas coisas bacaninhas que estou postando...lá embaixo tem um link de um site que tem várias dicas de outros chás... e lá vamos nós...dá pra aliar a dieta dos pontos pq sozinho ele não vai fazer milagres...então vamos que vamos gente...

fiquem com Deus
bjs

SEGUINDO SEMPRE EM FRENTE


Chá de folha de oliveira ajuda a eliminar seis quilos em um mês


Árvore da azeitona é mais eficaz que o chá verde no combate aos quilinhos extras e às gordurinhas que se acumulam no abdômen.

Quem quer uma ajuda extra na hora de emagrecer e gosta de usar chás tem um novo aliado na dieta. Considerado 300% mais poderoso que o chá verde, as folhas da árvore da azeitona possuem quase o quadrúplo de potássio, magnésio, manganês, fósforo, selênio, cobre e zinco.

Uma reportagem da VIVA MAIS! diz que pesquisas realizadas pela Universidade Metodista de Piracicaba mostraram que tais elementos garantem alto poder antioxidante e estimulam o metabolismo a eliminar gordura.

Diferencial

Mais do que ajudar na eliminação dos quilos extras, o chá de oliveira age especialmente nas gorduras acumuladas na região abdominal.

Assim, ao ingerir de três a quatro xícaras dele por dia, a pessoa consegue, num prazo de dois a três meses, reduzir em até 10% sua circunferência abdominal e perder, em média, seis quilos. Desde que, claro, combinando a bebida com uma alimentação saudável.

Como preparar e tomar

- Ferva um litro de água em uma panela que não seja de alumínio. Ao levantar fervura, despeje um punhado de folhas secas de oliveira. Ferva mais um minuto, deixe esfriar e coe

- Faça um chá fresco a cada dia

- Não use adoçante

- Você pode também diversificar o sabor do seu chá adicionando algumas folhas de hortelã ou cascas de abacaxi. Isso não altera os benefícios

Onde achar

Você acha o chá em casas de produtos naturais ou grandes mercados. A embalagem com 30gramas, que rende cerca de nove litros, custa em torno de R$ 2.

Contra-indicação

Gestantes e lactantes não devem consumir a bebida.

Mais dicas de chás aqui nesse site